Livro Um

Livro Um

“Soou a primeira palavra de Deus, ali onde não havia céu nem terra. E se desprendeu de sua Pedra, e caiu ao segundo tempo, e declarou sua divindade. E estremeceu-se toda a imensidão do eterno. E sua palavra foi uma medida de graça, um resplendor de graça, e quebrou, e perfurou as encostas das montanhas. Quem nasceu quando baixou? Grande Pai, Tu o sabes. Nasceu seu primeiro Princípio e verrumou as encostas das montanhas. Quem nasceu ali? Quem? Pai, tu o sabes. Nasceu o que é terno no Céu.”

(livro dos Espíritos, Código de Chilam Balam de Chuyamel)

 

Serpente Emplumada

“E ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do Homem que está no céu. E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do Homem seja levantado; para que todo aquele que nele crê não se perca, senão que tenha vida eterna.”

(João III 14-16)

 

“Em todo determinado instante, todo o futuro do mundo está predestinado e existe, mas está predestinado condicionalmente; quer dizer, será este ou aquele futuro segundo a direção dos fatos num dado momento, a menos que entre em jogo um novo fato e um novo fato só pode entrar em jogo a partir do terreno da consciência e da vontade que dela resulte. É necessário compreender isto e dominá-lo.”

(P. D. Ouspensky, Tertium Organum)

 

 

anterior <-- acima --> próximo